domingo, 27 de fevereiro de 2011

noheartgirl:

Ontem à noite, quando fui dormir, pensei em você. Na verdade, chorei mais que dormi… Chorei porque ninguém estava me olhando. E aí meu coração bateu forte dentro do peito, ainda que um pedaço dele não existisse mais. Você não estava lá, não é? Você não tinha os braços me envolvendo, mesmo que tivesse prometido a mim que eles estariam lá até o fim. Então me pergunto, o “fim” a que se referiu, foi o fim dos tempos ou o fim de nós dois? Me explica, meu amor… Me explica o porquê das lágrimas estarem implorando para fugir dos meus olhos agora. Me explica o porquê de que quando eu penso em ti, a depressão me puxa cada vez mais pra perto da dor. Me fala por que você foi embora, me responde como você conseguia sempre dizer as coisas certas. Eu sinto falta da minha estabilidade emocional e das minhas lágrimas guardadas dentro do peito, sem a mínima vontade de fugir. Mas acho que a saudade de você é maior que qualquer sensação que eu sinta agora; ela dói. Dói mais que qualquer dor física que eu possa sentir algum dia. Então… Só volta pra mim. Volta pra mim e faz um sorriso brotar em meus lábios. (No❥Girl)

Mudei porque passei por tantas e tão diversas experiências, que consegui aprender com meus próprios erros. Mudei porque me decepcionei com amigos. Mudei porque me decepcionei com amores. Mudei porque conheci pessoas tão especiais que fui capaz de me inspirar por elas e me espelhar nelas para me tornar uma pessoa diferente, talvez uma pessoa melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário